top of page
Buscar

šŸ‡®šŸ‡¹ Culatello di Zibello

O Culatello di Zibello Ć© o Rei dos embutidos artesanais segundo algumas literaturas e tradiƧƵes de regiƵes especĆ­ficas da ItĆ”lia. Reza a lenda que antigamente se perdia muita carne co fazer o Prosciutto, entĆ£o foi preciso encontrar uma maneira de amenizar essa perda de matĆ©ria prima, foi quando um famoso Norcino testou esse corte e passou a ser produzido naquela regiĆ£o. Ɖ um corte do pernil que a gente vai tratar como um mĆŗsculo curado, coxĆ£o mole sem pele, diferente da Culatta que usamos a pele. Tradicionalmente, Ć© um embutido preparado com a carne dos porcos criados para o Prosciutto di Parma, mas apenas nas regiƵes da Emilia Romagna e da Lombardia, e processado na planĆ­cie a sul da cidade de Parma e do rio PĆ³, tendo como epicentro a cidade de Zibello. Nenhuma especialidade da rica salumeria da ItĆ”lia - expressĆ£o usada naquele paĆ­s para designar os frios em geral, sobretudo de carne suĆ­na - Ć© tĆ£o exclusiva, deliciosa e amada quanto o culatello di Zibello. Os gastrĆ“nomos o saboreiam chamando de "rei" e o tratam por "sua majestade". Jamais receberam essa deferĆŖncia gustativa outros extraordinĆ”rios produtos da salumeria italiana, como os presuntos de Parma e San Daniele, o speck do Alto Adige e o salame de MilĆ£o, a mortadela de Bolonha e copa de Piacenza. O culatello tem parentesco com o presunto cru, mas difere deste. A fase de elaboraĆ§Ć£o comeƧa com a retirada da pele e gordura excessiva do pernil. A seguir, separa-se o patinho, refilando-se a peƧa para apresentar a caracterĆ­stica forma de pĆŖra. Depois, inicia-se a salga, a peƧa ainda Ć© aromatizada com vinho e alho. Mas tudo isso se faz com parcimĆ“nia, para nĆ£o haver excessiva influĆŖncia no sabor natural da carne.

Quer ler mais?

Inscreva-se em charcuteriebrasile.com para continuar lendo esse post exclusivo.

Assinar
bottom of page